quarta-feira, 7 de abril de 2010

Orkut: simpatia que NÃO agrada a todos...

É impressionante as variadas formas de simpatia encontradas no orkut, não é mesmo...
Recentemente EU fui alvo delas...
Sempre fui o mais sincera possível, tendando mostrar em poucas palavras um pouco de mim, de como sou realmente...
Cai nessa de ser simpática e tentar agradar a todos os meu "amiguinhos queridos"...
O que acontece é que alguns "bunitinhos", se sentiram ofedidos com minhas singelas palavras em descrição de mim mesma...
OH, MEÇA...
Desde quando sou obrigada a escrever o que convem ser lido por amigos de meus amigos?
O "kut" é uma página pessoal de relacionamento que vc já muito divide com o restante do mundo e ainda é obrigada a ser "simpatiquinho" para que os outros não sintam vergonha de ter vc add?
Por favor me exclua...
É sério...
Só quero add quem realmente me quer tmb add...
O resto é o resto...
Bjo...
Tchau!!!

domingo, 4 de abril de 2010

Amigos...






O que dizer de um amigo?



"O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio".Khalil Gibran



"A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades". Millôr Fernandes



"Amigo é aquele que sabe tudo a seu respeito e, mesmo assim, ainda gosta de você". Kim Hubbard



Quem é essa pessoa tão verdadeira, que nos ESCUTA e nos permite FALAR sobre nossos medos, angústias e amores?



Que nos conhece tão bem que é capaz de se colocar no lugar do outro em troca de uma solução para um problema alheio a sua vida?



Que é capaz de rir e chorar com a gente...



Existe pessoa assim?



Não sei,



não conheço...



AMIGOS...



um apenas...

sexta-feira, 2 de abril de 2010

A Agressividade e a Conduta Humana...






A agressividade é um divisor de conduta ou personalidade e pode ser vista como o esforço demasiado de um individuo, em primeiro lugar não senteir-se excluido ou não querer viver tal experiência. Em uma sociedade completamente competitiva, é dificil não invadir o espaço vital de alguém lenvando tal resposta a agressividade...



A grande questão é: Até que ponto devemos reprimir nossa agressividade?



Sabendo que essa repulsa em demasiado pode ferir o próprio ser, físico e psicologicamente, além de ter que conviver com seus resultados a explosão agressiva contra algo ou alguém mostra o verdadeiro ser humano existente dentro de nós. Potência de voz, rigidez, ansiedade extrema pode caracterizar uma explosão emocinal, onde quase sempre este que o fez perde a razão...



Por que explodir então?



As vezes torna-se necessário, para drenar sentimentos contidos que machucam, maltratam e fere quem os carrega...

Por isso explica-se uma cituação de conflito, tudo pelo fator competição, sujeitando-se ao que ALFRED ADLER, contemporâneo de FREUD, e criador da psicologia social, chamava de “complexo de inferioridade”. O drama máximo do agressivo é não perceber que é usado constantemente por pessoas que não conseguem lidar com sua raiva; estas acabam sempre criando uma armadilha para que a suposta pessoa agressiva atue o que as outras jamais teriam coragem de expor. É uma projeção de catarse no outro.



Quem vive e/ou viveu um complexo de infeiroridade acaba pensando ser sempre o último a ser escolhido ou requisitado para realizar algo especial, tendo como resultado desse processo uma personalidade tímida e retraída sendo que nas situações sociais não sente nenhuma potência pessoal, gerando a raiva e ódio como compensações psicológicas. É como se na presença de outros se sentisse totalmente anulada, e o ódio citado vai constantemente sendo expelido...


Pensem nisso...



Referência: Antônio Carlos Alves de Araújo - Psicologo C. R.P. 31341/5






quinta-feira, 1 de abril de 2010

Transformar-se...


Há um tempo em que é preciso



abandonar as roupas usadas,



que já têm a forma do nosso corpo,



esquecer os nossos caminhos,



que nos levam sempre aos mesmos lugares.



É o tempo da travessia:



e, se não ousarmos fazê-la,



teremos ficado, para sempre,



à margem de nós mesmos.





Fernando Pessoa...









A Beleza está nos Olhos de quem Vê...


Existem mulheres que não se encaixam nos padões de beleza estabelecidos pela mídia...
Que mídia mesmo?
Aquela que tanto damos valor, ao idolatrarmos grandes deusas da beleza inatingível...

Fala sério...

Pessoalmente, acredito na felicidade sendo do jeito que sou...
Sim, sou assim gordinha mesmo...
Já fui magrela mais confesso não foi lá essas coisas...
Acreditem, quando se aprende a respeitar as diferenças é mais fácil aceitar a condição dos outros e melhor ainda: APRENDE-SE A ACEITAR A SI PRÓRPIO...

Classificar o mundo como bonito ou feio, nada mais é do que um apelo exagerado pelo consumismo, gastar muuuitooo dinheiro para se parecer com os outros, imitar quem no fundo quer ser apenas diferente e acabar por perder nossa propria identidade...

Antes de tudo, antes mesmo de chorar por aquela roupa que não te serve mais, por aquele sapato que vc não pode comprar agora, pela maquiagem que vc não sabe fazer, resposda:
QUEM É VC???

A pessoa bela é aquela que se permite ser ela mesma, muda o que pode ser mdado...
LEMBRE-SE: Mostre o seu melhor e não se compare a ninguém...
Vc é um ser único...
Continue assim e faça a diferença...

SEJA FELIZ!!!